Home » Saúde » Gravidez

Dieta para hipertensão gestacional

Durante a gravidez, a futura mamãe precisa ficar mais atenta ainda com a sua saúde. Veja os riscos da hipertensão gestacional.

Grávida medindo a pressão arterial

A hipertensão é uma doença crônica, silenciosa e perigosa e quando aparece na gravidez, pode ser fator de risco para mãe e filho. É importante tomar alguns cuidados, saber controlar e preparar a alimentação de forma adequada.

Neste texto você vai saber mais alguns detalhes sobre a pressão alta na gestação, vai ver também algumas orientações básicas que podem evitar com que o algo grave aconteça, fique de olho.

Hipertensão gestacional orientação gestacional

A hipertensão na gravidez é caracterizada pela subida persistente da pressão arterial, se em duas medidas no dia em momentos diferentes os valores de referência sistólica e diastólica forem superiores ao nível considerado normal, é sinal que a pressão está alta e isso pode impedir que o período de gestação seja saudável e livre de problemas.

A hipertensão como muitas pessoas já sabem, é uma doença silenciosa e geralmente é descoberta quando está em um estado avançado, por isso algumas orientações são necessárias. É muito importante que a futura mamãe mantenha o ganho do peso dentro do valor considerado adequado, comer frutas e vegetais de acordo com a dieta, mantendo a pressão controlada, evite alimentos como frituras, salgados, manteiga, petiscos, alimentos ricos em gordura saturada, reduzir a quantidade de sal nos alimentos é fundamental, ingerir bebidas alcoólicas está totalmente proibido, isso pode prejudicar o bebê, além de levar a pressão às alturas.

Praticar atividades físicas também faz parte do pacote de orientações, movimente-se todos os dias, dentro dos limites para uma gestante, procure ajuda de um profissional, pois ele indicará os melhores exercícios. Para tratamento medicamentoso, é preciso consultar o médico que já está acompanhado a gravidez.

Hipertensão gestacional hipertensas e sal

Sal

A briga entre hipertensão versus sal, já é antiga, é mais do que comprovado que os dois juntos não combinam, de fato o cloreto de sódio é um mineral indispensável para o funcionamento das células, portanto o sal não pode ser totalmente proibido, mesmo para que sofre com a pressão alta, mas é preciso consumir em baixa quantidade.

O consumo excessivo do sal também retém o líquido do corpo causando o inchaço, por isso, ao preparar seus alimentos, substitua o sal por ervas aromáticas e especiarias, desta forma seus pratos ficam ainda mais saborosos e você reduz a quantidade de sal nos alimentos.

Hipertensão gestacional importância do cálcio

O cálcio é um mineral muito importante para o fortalecimento do esqueleto, também ajuda no processo de emagrecimento, como se não bastasse, ainda auxilia no controle de hipertensão. O modo como isso funciona ainda está sendo estudado por cientistas, mas algumas pistas revelam que quanto maior o nível de sódio no corpo melhor é, pois auxilia na circulação do sangue, não permitindo que os vasos não fiquem dilatando e contraindo.

Segundo o médico cardiologista Heno Lopes de São Paulo, do Instituto do coração, é interessante incluir laticínios desnatados na dieta diária e ainda recomenda consumir diariamente pelo menos três copos de leite. Isso trará benefícios para o bebê e para a mãe, evitando picos de pressão e evitando complicações durante os 9 meses.

Confira mais detalhes sobre a hipertensão gestacional nesse vídeo no Youtube:

Publicado por Juliane
Revisado em 28/09/2017

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar