Home » Saúde » Gravidez

Depressão na gravidez: o que fazer?

A depressão durante a gravidez é normal, porém ela pode afetar o desenvolvimento do seu bebê. Saiba como agir nesses casos.

Depressão na gravidez

A depressão pós-parto já é uma velha conhecida das mamães, mas e depressão durante o período gestacional, isso existe? Sim, infelizmente sim, é mais comum do que se pensa, é grande o índice de mulheres grávidas que se sentem para baixo a ponto de falar em suicídio.

Este texto traz algumas informações de como a depressão surge e quais os sintomas e tratamento adequado para gestantes.

Depressão na gravidez é normal?

A depressão durante a gestação é tão comum quanto à depressão pós-parto, aliás, a mulher pode entrar em uma e desencadear a outra. São vários os fatores que provocam a depressão na gravidez, a mulher passa por uma série de alterações hormonais, mas este grande número se deve também a uma falha no sistema de saúde.

Os profissionais que acompanham a mulher neste período são os obstetras, e estes não estão preparados o suficiente para diagnosticar estado de depressão, em contrapartida quem cuida deste detalhe são os psiquiatras, mas estes especialistas quase não aparecem no cenário da saúde pública que atende muitas mulheres, então esta falha consequentemente acarreta a depressão. Ainda outras razões são situações tristes nas quais as mulheres se encontram.

Grávida triste deitada

Muitas não sabem onde está o pai, pois este ao saber da gravidez sumiu outras já tem outros filhos para criar e sentem-se sobrecarregadas com mais um que está por vir, muito estresse, cansaço, histórico familiar de depressão, complicações na gestação, medo de perder o bebê, violência doméstica, entre outras razões, o que é muito particular de cada mulher.

Sintomas da depressão na gravidez

A depressão pode afetar a mulher tanto no sentido físico quanto emocional e também alterar a forma como se comporta. Os sintomas se manifestam através da irritabilidade, ansiedade, fadiga, falta de apetite ou muito apetite, incapacidade de se concentrar em algo, distúrbios do sono, sensação de que a vida não vale a pena, nada agrada e nada mais faz sentido. Estes sintomas podem ser provocados pela alteração de hormônios ou humor, logo passa não é mesmo?

Isso é o que muitos pensam, mas sintomas como este já se enquadram como caso clínico, então comunique ao seu obstetra o que está acontecendo, o que você está sentindo e receba as orientações. Maridos, também fiquem atentos à sua esposa, observe se os sintomas aparecem, em todo caso você já sabe o que fazer, o médico deve ser comunicado.

Tratamento para depressão na gravidez

Grávida no meio das roupinhas

O tratamento para a depressão na gravidez é terapêutico, peça recomendação de um profissional específico para grávidas e faça terapia, isso vai ajudar muito. Procure não ficar parada, faça alguma atividade física, dê um tempo para si mesma, coloque-se no topo das prioridades, cuidar de você mesma é cuidar também do bebê.

Desabafe, mantenha sempre contato com pessoas que você confie, diga o que está sentindo, procure sempre ocupar a mente com algo construtivo, como a confecção de roupinhas para o bebê, a decoração do quarto, faça as unhas, cuide dos cabelos, compre roupas, converse com amigas, enfim, procure distrair-se, isso fará muito bem.

Entenda melhor como é a depressão durante a gravidez nesse vídeo do youtube:

Publicado por Juliane
Revisado em 28/09/2017

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar