Como funciona a impressora 3D

O tecnologia está em constante expansão. E, um dos grandes feitos de todo esse processo foi a criação e o aprimoramento da impressora 3D.

O vasto universo tecnológico está cada vez mais acessível às mãos dos humanos. Cada dia que passa surge uma nova invenção, uma nova substituição, uma nova atualização. Um bom exemplo disso são as impressoras 3D que nos últimos dias têm chamado a atenção das pessoas pela sua grande funcionalidade e perfeição em impressão tridimensional. Há quem diga que as impressoras 3D são novas no mercado tecnológico, mas o que muitos não sabem é que essa mesma ferramenta já é utilizada há mais de 26 anos - no Brasil 20.

Impressão 3D

O grande destaque desse dispositivo nos últimos dias se dá pela quebra de patentes pelo mundo que acabou resultando no barateamento do produto, reduzindo em até 10 vezes do valor que era vendido anteriormente (de aproximadamente US$ 30mil para US$3mil). Visto que agora as impressoras 3D podem ser adquiridas por qualquer pessoa, várias empresas se empenham em aperfeiçoar cada vez mais essa ferramenta e torná-la ainda mais funcional para ganhar espaço na carteira dos consumidores.

Esse tipo de impressora pode ser muito útil, inclusive para a medicina. Quer saber mais sobre a impressora 3D? Então, atente às informações a seguir:

Como funciona?

As impressoras 3D podem imprimir quase tudo em tridimensão (você toca no objeto que criou), o que vai de chocolate, plástico e substâncias biocompatíveis até equipamentos industriais. Anteriormente, pelo alto custo de compra, as impressoras 3D eram destinadas principalmente às indústrias.

Como funciona impressora 3D

Basicamente, as impressoras 3D são dispositivos capazes de criar objetos tridimensionais de qualquer projeto no computador através dos lazers, sensores, articulações minuciosas e precisas, podendo reproduzir engrenagens, brinquedos e tudo/quase tudo que se possa imaginar. Graças a essa perfeição de impressão das peças as impressas, os cientistas passaram a testar partes de órgãos humanos impressos para cirurgia de restauração ou reposição. Veja mais no vídeo a seguir:

Custo x benefícios

O custo x benefício que as impressoras trazem são bem relevantes. Afinal, você estará fabricando as peças em sua casa com o custo apenas da "matéria-prima" da impressão (gesso, metal, cerâmica, etc), o que torna mais barato e mais perfeita a fabricação de maquetes, casas, réplicas, doces, etc. Na área da construção civil, na China, essa tecnologia foi testada na construção de prédios e mansões, e os resultados foram bem satisfatórios, pois foram economizados materiais de construção, empregados e o item fundamental para o ramo, o tempo.

Impressão 3D na construção

Visto que o valor das impressoras estão acessíveis aos consumidores, no Brasil, você pode encontrar essas peças com valores no entorno de R$2.500,00 até às mais completas de R$20.000,00.

Requisitos básicos para usar uma impressora 3D

Para poder utilizar ao máximo as funções da impressora 3D é ideal que o usuário tenha conhecimento no manuseio de projetos tridimensionais, pois após a criação do projeto, você terá de encaminha-lo até o software do dispositivo e iniciar a impressão. Os modelos fabricados hoje são bem mais simples às que eram/são destinados aos setores industriais.

Requisitos para ter usar uma impressora 3D

Vale frisar que a culpa do mau uso da tecnologia não vem de sua criação, mas sim quem a usa. Por isso, tenha ciência dos objetos que você imprimirá.

Quer saber como funciona uma impressora 3D colorida? Então, assista ao vídeo que segue abaixo e fique antenado!

Veja mais sobre impressoras

18/02/15 por Luis Carlos

   

Mais informações por email

Comentar