Amor não correspondido: o que fazer?

Quando o amor não é correspondido é preciso fazer de tudo para dar a volta por cima. Faça o que você gosta e procure novas amizades.

sentado sozinho no balanço

Quando se está apaixonado, é muito comum pensarmos que ele, ou ela, é a pessoa perfeita com quem se quer passar o resto da vida e ser muito feliz, mas nem sempre somos vistos da mesma forma. Essa desilusão causa um sofrimento muito grande, mesmo existindo um pouquinho de esperança e felicidade em ver ou ouvir a pessoa. Quando esse sofrer é maior que os momentos felizes, está na hora de parar para pensar se esse amor unilateral realmente te faz bem e se quer passar mais dias com esse sentimento.

O que significa "amor não correspondido"

O amor é o sentimento mais bonito, o prazer de amar e ser amado de volta não possui descrição, mas amar e não ser amado de volta é um dos sentimentos mais tristes.

moça pensando

O amor não correspondido, isto é, um sentimento não compartilhado, uma entrega cega ao nada exceto seus pensamentos, parece causar um sofrimento que não tem fim, mas sim, é possível superá-lo, especialmente pelo fato de ser um sentimento o qual envolve apenas uma pessoa, a que ama.

Como superar um amor não correspondido

Para esquecer o amor não correspondido é preciso seguir alguns passos simples os quais dependem apenas das suas atitudes e funcionam muito bem. Por isso é preciso ser firme no objetivo de deixar de lado um sentimento que te proporciona tanta infelicidade, já que, não importa o que faça, nada é suficiente para a outra pessoa te corresponder.

amor não correspondido
1. Aceitar que no momento vocês não sentem o mesmo amor um pelo outro e insistir nesse sentimento só vai maltratar ambos os lados.
2. Depois de aceitar o fim, é necessário permitir que você sinta a dor causada pelo vazio sentimental, sem acreditar que o seu mundo acabou, respeitando seu próprio tempo e não partir para novas experiências enquanto não estiver preparado para isso.
3. Fuja da solidão para não alimentar sonhos sobre um futuro que não ocorrerá. Essas atitudes de imaginar como a vida seria se estivessem juntos apenas atrasam o processo de mudança e fim do sofrimento.
4. Quando a dor começa a diminuir, é preciso voltar à rotina, retomar suas atividades diárias e preencher, de alguma forma saudável, o tempo gasto com a pessoa amada, ou seja, sair com os amigos, ver filmes, frequentar a academia, enfim, faça algo que te dê prazer.
5. Ame quem você é. Mergulhe dentro de si próprio, descarte os sentimentos ruins e aproveite as boas experiências. O amor é um sentimento sublime que exige cuidado e dedicação, e quem precisa dele nesse momento é você; portanto, cuide da sua autoestima, da saúde, do seu corpo. A mudança é difícil no início, mas acarreta coisas boas. Não se permita adoecer ou perder o gosto pela vida.
6. Dê-se a chance de frequentar locais diferentes, com pessoas diferentes, fazer novas amizades e não continuar preso à rotina e às pessoas antigas, elas não são suas únicas boas companhias.
7. Lembre-se do amado como uma pessoa comum, não alimente o sentimento de vingança, pois ele só fará mal a você. A relação entre duas pessoas após um desamor é muito variável, mas uma coisa é certa: ela depende de conversas muito francas. Vocês podem se tornar grandes amigo, ou pode não ser um bom momento para a amizade, ou ainda vcs podem não querer relação alguma, tudo isso depende de vocês e seja qual for a decisão tomada é essencial que se respeitem sempre.
Por fim, corra, dance, brinque, veja o pôr do sol num parque com bons amigos. Viva sua vida da melhor forma possível, deixe que ela te surpreenda.

Quando menos esperar conhecerá um novo amor que irá preencher o vazio deixado pelo antigo. E quem sabe não descobrirá que o afeto nutrido por quem não te notava não era tão grande como imaginou; muitas vezes nos enganamos com nossos sentimentos e sofremos por algo que não teve um valor tão grande quanto pensamos.

Para mais detalhes assista ao vídeo do canal do Portal ZUN no YouTube Frases de amor não correspondido:

Veja mais sobre amor

27/09/13 por Viviana Antunes

   

Mais informações por email

Comentar